Desmistificando Mitos sobre Clareamento Dental: O Que um Especialista Realmente Diz

Home - Blog - Desmistificando Mitos sobre Clareamento Dental: O Que um Especialista Realmente Diz

Desmistificando Mitos sobre Clareamento Dental: O Que um Especialista Realmente Diz
14 de Fevereiro de 2024

Desmistificando Mitos sobre Clareamento Dental: O Que um Especialista Realmente Diz

Há algum tempo, você percebeu que seu sorriso não está tão branco quanto costumava ser. Seja devido ao envelhecimento, hábitos ou alimentação, seus dentes amarelaram. O clareamento dental parece ser a solução ideal, mas ao procurar informações, seja na internet ou entre amigos, você deparou-se com uma série de mitos e informações contraditórias. E agora? Para tranquilizá-lo, saiba que desistir não é uma opção, e buscar a opinião de um especialista é a abordagem mais saudável e segura. Vamos desvendar sete mitos comuns sobre o clareamento dental.

1 - Alimentos Corantes Devem Ser Evitados:

Se você adora café ou vinho, pode ficar tranquilo. Embora seja recomendável evitar esses alimentos durante o clareamento, após o procedimento, não há problema em consumi-los novamente.

2 - Sensibilidade nos Dentes é Inevitável:

A sensibilidade varia de pessoa para pessoa, e existem produtos e técnicas que minimizam esse problema. No entanto, pacientes com retração gengival podem experimentar sensibilidade durante o processo.

3 - Clareamento Não Afeta Restaurações Existentes:

A ação do agente clareador não afeta a cor das restaurações. No entanto, os dentes restaurados podem parecer mais escuros em comparação aos dentes clareados, exigindo eventualmente a substituição ou retoque das restaurações antigas.

4 - Dano ao Esmalte dos Dentes:

Esse mito é infundado. Os produtos utilizados no clareamento não causam danos à estrutura do dente, pois removem apenas pigmentos corantes, sem afetar o esmalte.

5 - Resultado Artificial:

O clareamento respeita o tom natural dos dentes e não resulta em um visual artificial, ao contrário da preocupação com dentes excessivamente brancos.

6 - Não Indicado para Fumantes:

Embora parar de fumar seja ideal para a saúde geral, o clareamento não é proibido para fumantes. É possível que os dentes amarelem mais rapidamente, mas o procedimento ainda é viável.

7 - Eficiência do Clareamento a Laser:

O clareamento a laser tende a agir mais rapidamente, mas pode ter menor poder de penetração. Muitas vezes, os dentistas combinam técnicas para otimizar resultados, mas a escolha depende da avaliação profissional para cada caso.


Voltar para a Listagem

N�s utilizamos cookies para uma melhor experi�ncia de navega��o. Ao continuar no site, consideramos que voc� est� de acordo com nossa Pol�tica de Privacidade.